Recessão global preocupa os organizadores da Copa do Mundo do Catar-2022

Os organizadores da Copa do Mundo no Catar, em 2022, estão preocupados com o fato de muitos torcedores estarem passando dificuldades com a recessão global por causa da pandemia do coronavírus.

Muitos países ao redor do mundo deverão sofrer profundos problemas financeiros com as restrições e bloqueios. Eventos esportivos também foram adiados, incluindo a Eurocopa, que deveria começar no próximo mês, mas foi levada para 2021.

O Catar ainda espera que seis de seus oito estádios sejam concluídos até o final deste ano, apesar da interrupção devido à covid-19. A Copa do Mundo está programada para novembro e dezembro de 2022, ao invés da disputa tradicional em junho e julho, o que garante um tempo a mais para a retomada das viagens internacionais.

IMPORTANTE!

Antes de enviar sua notícia, verifique se ela possui:

  • Título
  • Descrição rica em detalhes
  • Local
  • Data de acontecimento
  • Fotos, audio ou videos
  • Telefone celular para contato

NÃO É PERMITIDO

Conteúdo não original, falso ou sem direitos autorais.

Conteúdo ofensivo, pornografia, conteúdo obsceno ou sexual explícito.

Imagens violentas ou que incitem comportamento violento.

Conteúdo racista ou preconceituoso.

DICAS

Ao enviar fotos e vídeo, não esqueça de descrever no seu texto as cenas que aparecem nas imagens.

Seja direto e simples ao contar sua história; fazer um roteiro antes da gravação de um vídeo pode ajudar.

Verifique a nitidez do áudio e imagem do seu vídeo. Uma boa iluminação é muito importante para a qualidade do vídeo.

“Até 2022, estou otimista de que superaremos essa pandemia”, disse Hassan Al Thawadi, secretário-geral do comitê organizador da Copa do Mundo, nesta quarta-feira. “Será uma das primeiras oportunidades para todos celebrarmos juntos, nos envolvermos, reunir pessoas.”

O Catar promete que a Copa do Mundo será acessível aos fãs, mas a pequena nação rica em gás foi afetada pelo fechamento da atividade econômica em muitos países. A estatal Qatar Airways, uma das patrocinadoras da Copa do Mundo, disse que reduzirá empregos, já que a indústria global da aviação está amplamente prejudicada neste período.

“Sempre há a preocupação com a economia global, que deve atrapalhar a possibilidade de os fãs poderem viajar para comemorar a Copa do Mundo”, disse Al Thawadi. “Ainda estamos comprometidos em garantir o equilíbrio para termos uma Copa do Mundo acessível, em um preço acessível para os fãs, além de funcional para a indústria e para o serviço de fornecedores de suprimentos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *