Nascidos em setembro e outubro recebem 2ª parcela do auxílio de R$ 600 nesta segunda

Nesta segunda-feira (25) os nascidos em setembro e recebem a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600. O valor será creditado na conta dos trabalhadores e ainda não pode ser sacado ou transferidos.

Já beneficiários do Bolsa Família com o NIS final 6 também recebem nesta sexta-feira, mas para eles o valor já pode ser sacado.

Vale lembrar que há um calendário para recebimento em poupança social, um para saque em espécie dos beneficiários do Bolsa Família e um para saque em espécie de quem tem poupança social e outros públicos.

Os valores liberados nesta semana serão para movimentação pelo aplicativo, como pagamento de contas e boletos. Os saques em espécies e transferências só poderão ser feitos a partir do dia 30 de maio. Confira os calendários:

Calendário de pagamento

  • 20 de maio: nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio: nascidos em março e abril
  • 22 de maio: nascidos em maio e junho
  • 23 de maio: nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio: nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio: nascidos em novembro e dezembro

Calendário de saques em espécie

Bolsa Família

  • 18 de maio: NIS 1
  • 19 de maio: NIS 2
  • 20 de maio: NIS 3
  • 21 de maio: NIS 4
  • 22 de maio: NIS 5
  • 25 de maio: NIS 6
  • 26 de maio: NIS 7
  • 27 de maio: NIS 8
  • 28 de maio: NIS 9
  • 29 de maio: NIS 0

Outros públicos

  • 30 de maio: nascidos em janeiro
  • 1º de junho: nascidos em fevereiro
  • 2 de junho: nascidos em março
  • 3 de junho: nascidos em abril
  • 4 de junho: nascidos em maio
  • 5 de junho: nascidos em junho
  • 6 de junho: nascidos em julho
  • 8 de junho: nascidos em agosto
  • 9 de junho: nascidos em setembro
  • 10 de junho: nascidos em outubro
  • 12 de junho: nascidos em novembro
  • 13 de junho: nascidos em dezembro

Como fazer transações pelo app

Para quem se inscreveu para receber o auxílio de R$ 600 pelo site ou pelo aplicativo da Caixa, os depósitos são feitos nas contas digitais, abertas automaticamente pela Caixa na hora da inscrição, ou em uma conta existente indicada pelo trabalhador.

Nestes casos, quem recebe pode movimentar o dinheiro pelo aplicativo ‘Caixa Tem’, pagando boletos pelo aplicativo. A lei que criou o auxílio emergencial não permite que os bancos cobrem dívidas dos R$ 600.

O app ‘Caixa Tem’ é usado pelos trabalhadores que não tinham conta em banco. Neste caso, a Caixa criou uma conta poupança digital e as movimentações são feitas pelo aplicativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *