Sem quadrilha, quentão nem curau: Pandemia cancela principais festas juninas de Campo Grande

Assim como Corumbá, a Capital deixará de promover os eventos tradicionais, mas prefeitura estuda a possibilidade de lives em alusão à festa

Uma das épocas mais esperadas do ano pelos campo-grandenses, junho é o mês das quermesses, arraiais e celebrações em comemoração ao Dia de Santo Antônio e Dia de São João, comemorado no dia 13 e 24, respectivamente. No entanto, as tão esperadas festas juninas vão ficar para o próximo ano, pois devido a pandemia da Covid-19, o novo coronavírus, Campo Grande segue o exemplo de corumbá, e cancela suas maiores festividades.

O Arraial de Santo Antônio, promovido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, seria realizado na Praça do Papa e na programação, além das barracas e quadrilha, estava previsto os shows para a população. No entanto, neste ano, a situação mudou e a princípio, a festa está suspensa.

De acordo com a Sectur (Secretaria Municipal de Turismo), a prefeitura está estudando a possibilidade econômica e legal para fazer lives referentes à festa, mas ainda não é possível confirmar. Em parceria com a Semed (Secretaria Municipal de Educação), será realizado um concurso de máscaras juninas com direito a premiação para os candidatos.

Outra festa bastante popular em Campo Grande, a Festa Junina da UCDB, também não será realizada neste ano. Segundo a assessoria da universidade, após 12 anos consecutivos da festa, está será a primeira vez que ela não acontecerá.

Popular na época de Carnaval, o bloco Capivara Blasé também tinha programação para as festividades juninas deste ano. Conforme o responsável pelo bloco, Victor Samúdio, o Capivara Caipira aconteceria pela segunda vez em Campo Grande no começo do mês de junho, mas devido ao coronavírus, o planejamento precisou ser cancelado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *