Professor universitário de 33 anos desaparece após ter Hilux roubada

Novas informações sobre caso do professor desaparecido

Danilo Nogueira Lemes, 28 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira (4) ao ser flagrado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) com uma caminhonete Toyota Hilux roubada na BR-262, em Água Clara. O veículo pertence a um morador de Chapadão do Sul, que está desaparecido. –

Segundo informações do boletim de ocorrência, o dono da caminhonete é um professor universitário de 33 anos, identificado como Ricardo Gava. Por volta das 15h de ontem (3), ele estava com um aluno trabalhando na manutenção de tubulação às margens de estrada vicinal quando desapareceu.

À polícia, o aluno contou que o professor ficou às margens da estrada enquanto ele foi mexer na tubulação. Enquanto realizava o trabalho, o jovem ouviu o barulho do carro de Ricardo passar em alta velocidade pela estrada. Ele desconfiou da situação, já que o professor disse que avisaria se precisasse sair do local para buscar materiais. O aluno ligou para ele, mas as chamadas não foram atendidas.

Câmeras de segurança instaladas na entrada da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), na estrada onde o professor desapareceu, mostram a caminhonete passando em alta velocidade, seguida por motocicleta e uma Pick Up. Strada.

Investigações já concluíram que a caminhonete Fita Strada, com placas de Araçatuba foi vista meia hora antes na rodovia MS-306, entre a região do Pouso Frio e Chapadão do Sul, com três elementos.

Na madrugada de hoje, a caminhonete do professor foi abordada por agentes da PRF na BR-262, em Água Clara. Danilo, que conduzia o veículo, assumiu à polícia que a Hilux era roubada, mas negou que tivesse participado da ação. Ele contou que foi contratado por um homem para levar o carro para Dourados.

As polícias civil e militar fizeram buscas pelo professor nas matas e estradas vicinais na região do desaparecimento, mas ele não foi localizado. – Kerolyn Araújo – CAMPO GRANDE NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *