Vítima tinha ferimentos na cabeça e na nuca; caso é investigado como homicídio simples

O sobrinho de Elizeu de Souza, 30 anos, encontrado morto no início da tarde deste domingo (14), dentro de sua casa, no Bairro São Jorge da Lagoa, disse à polícia ter visto um homem sair “nervoso e apressado” da residência do tio, por volta das 19h30min da noite anterior, sábado (13).

Conforme registro da ocorrência, o sobrinho de Souza contou ainda que, apesar da conduta, não suspeitou do homem, pois se tratava de um conhecido do tio, que estava sempre com ele na casa.

O caso foi registrado na Depac-Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Cepol) como homicídio simples.

Elizeu de Souza foi encontrado morto na sala do apartamento onde morava, no quarto andar de um prédio invadido.

O homem tinha ferimentos na nuca e na cabeça, mas, em primeiro momento, peritos não identificaram que objeto teria causado os danos. O corpo foi levado ao Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) para análise mais precisa.

Mais cedo, o delegado Lucas Caires disse à reportagem que o apartamento não apresentava sinais arrombamentos, furto ou roubo, tampouco indicava briga ou desentendimento no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *