Com 75% das UTIs ocupadas, prefeito chama campo-grande para responsabilidade

Com 28 mortes, a segunda pior taxa de isolamento social entre as capitais e 75% dos leitos de UTI ocupados, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) chamou os campo-grandenses para a responsabilidade na contenção do novo coronavírus durante live desta sexta-feira (10), divulgada nas redes sociais.

“Verificando diariamente a evolução da pandemia nessa cidade, que com certeza você já enxergou isso daí, eu faço uma pergunta muito clara, muita objetiva: quando a gente perguntava você conhece alguém com coronavírus em maio, no início da pandemia, era ‘eu não, eu não conheço’. Hoje, quando faz essa pergunta, ‘eu conheço um amigo, eu conheço um parente, alguém que contraiu ou está internado por conta do coronavírus’”, enfatizou.

Dados

Mato Grosso do Sul registrou 590 exames positivos e 24 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, totalizando 12.261 casos confirmados da doença. Ao todo, são 146 óbitos.

As informações são do boletim epidemiológico desta sexta-feira (10), divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde.

Dos 12.261 casos confirmados, 3.850 estão em isolamento domiciliar, 8.008 estão sem sintomas e 269 estão internados, sendo 142 em hospitais públicos e 127 em hospitais privados. Doze pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 65.796 notificações de casos suspeitos da covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Destes, 48.252 foram descartados após os exames, 21 foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde, 2.686 exames aguardam resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e 2.597 casos foram notificados e não foram encerrados pelos municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *