Aos 22 anos, ex-jogador é preso e apontado como fornecedor de drogas em bairro.

De goleiro promissor em times de São Paulo para chefe de esquema de tráfico no Jardim Los Angeles é a trajetória de homem de 22 anos preso no dia 13 pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão Especializada de Repressão ao Narcotráfico), no Jardim Lojas Angeles, em Campo Grande. Ele é acusado de fornecer maconha para venda na região. A reportagem apurou que o rapaz jogou em times conhecidos nacionalmente, entre eles São Paulo e Portuguesa, mas voltou para o Estado depois de problema no joelho.

Acabou preso, na semana passada, por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Outro homem, de 61 anos, dono de bar no bairro Los Angeles, também foi preso.

Em razão da lei de abuso de autoridade, a identificação não é divulgada pela polícia, para não incorrer em crime.

As informações tornadas públicas são de que a prisão ocorreu no dia 13 de manhã. Foi apreendido 1,8 quilos de maconha.

O entorpecente estava dividido em divididos em sete porções. Também foram encontrados petrechos para preparo da droga, balança de precisão e dinheiro sem origem lícita comprovada, típico da venda de drogas.

Segundo a Denar, “a prisão se iniciou no Jd. Los Angeles, residência do homem de 22 anos, chefe do esquema criminoso, que fornecia maconha para jovens venderem na região”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *