BAIRRO SEM MÁSCARA. Moradores reclamam de falta de educação, respeito e consciência no uso da máscara.

O Bairro Aero Rancho, na região sudoeste de Campo Grande, é o mais populoso e traz consigo um alto número de pacientes que estão com Covid-19. Os moradores, sabendo do perigo da disseminação do coronavírus, acreditam que o episódio esteja acontecendo pela falta de educação, respeito ao próximo e a consciência para utilizar a máscara.

Em visitas ao bairro identificamos um número considerável de pessoas que não estavam respeitando o decreto municipal sobre o uso obrigatório de máscara.

Na avenida Rachel de Queiroz, uma das mais movimentadas do bairro, Edileusa Rodrigues, de 50 anos é proprietária de um salão de beleza e reconhece a importância de oferecer o que for preciso para impedir que a doença se espalhe pelo seu estabelecimento. Porém, ela acredita que as ‘pessoas cansaram e não estão se cuidando da maneira que podem’.

Dentro do meu estabelecimento ofereço o que posso. Lavo a capa e a tesoura a cada cliente atendido. Para ser sincera, as pessoas que conheço foram infectadas e são pessoas que frequentam a igreja, local fechado e sem álcool para todo mundo”, afirmou a cabeleireira.

Edileusa acrescenta que cinco pessoas conhecidas que frequentavam a igreja acabaram se contaminando e uma delas, acabou falecendo em decorrência da doença.

 

Fonte: mídiamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *