Apóstolo Edilson Vicente perdeu a luta contra o coronavírus.

Após dias de luta contra o coronavírus, o apóstolo e presidente da El Shaddai Comunidade Cristã, morreu nesta quarta-feira (19) e o corpo foi sepultado no final da tarde, no Cemitério Memorial Park, ao som de trombeta e orações.

Por se tratar de morte por coronavírus, não é permitido velório, porém, familiares, amigos e fieis fizeram um cortejo que saiu do Hospital Regional até o cemitério. O momento do enterro foi transmitido pelo Instagram da igreja, mas o vídeo só ficou disponível na hora da transmissão.

O prefeito Marquinhos Trad lamentou a morte pelas redes sociais. “Com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do meu amigo Edilson Vicente da Silva, apóstolo e pastor presidente da igreja El Shaddai Comunidade Cristã. Que Deus o receba de braços abertos e console a família neste momento de dor e saudade”, escreveu o prefeito de Campo Grande.

O senador Nelsinho Trad também usou as redes sociais para manifestar pesar ao falecimento de Edilson. “Lamento por mais uma morte provocada pelo Covid-19 em Campo Grande. O nosso amigo, pastor da igreja El Shaddai Comunidade Cristã, apóstolo Edilson Vicente da Silva, de 61 anos, não resistiu a esse terrível mal. Meus sentimentos ao seu filho vereador Papy, a todos os seus familiares e fiéis que pertencem à comunidade do apóstolo Edilson. Os meus sentimentos e que Deus dê o consolo a todos”, publicou.

A notícia da morte do apóstolo abalou a comunidade cristã da capital. Instituições de todas as “placas” se uniram em mensagens de consolo, carinho e homenagem ao fundador da El Shaddai. O Conselho de Pastores de Campo Grande e do Mato Grosso do Sul, entidade que o apóstolo já presidiu, também se manifestou.

 

Fonte: jd1noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *