Teremos voleibol no Guanandizão final da Supercopa nesta sexta-feira

Dentil/Praia Clube e Sesc Flamengo se enfrentam hoje, no ginásio Avelino dos Reis, mais conhecido como Guanandizão, pela Supercopa de Vôlei Feminino. As equipes entram em quadra às 20h (de MS). 

A competição traz a Campo Grande nomes conhecidos da modalidade, como o ex-técnico da seleção brasileira masculina Bernardo Rezende, o Bernardinho, e a ponteira da seleção feminina Fernanda Garay.

As equipes serão adversários em mais uma decisão nesta temporada 2020/2021, já que jogaram a final do Troféu Super Vôlei Banco do Brasil feminina, em que o time mineiro levou a melhor.

Depois da reinauguração do Guanandizão, que ocorreu na semana passada – com a partida entre EMS Taubaté Funvic e Sada Cruzeiro, pela mesma competição no masculino, que deu a vitória ao time de São Paulo –, as meninas também terão a presença de público. 

O ginásio recebe 10% da capacidade para os torcedores (600 pessoas) e esta é a primeira competição no ano com a presença de público neste naipe.

“É um grande reencontro com os torcedores. Claro, ainda vamos estar com uma super-redução de capacidade do público, e é preciso ser assim, mas já vai ser importante para todos nós olhar no olho dos torcedores, mesmo que de longe. 

Sabemos que aqui em Campo Grande a torcida respira voleibol, nos acompanha, e estamos sempre recebendo muito carinho de todos os torcedores”, disse a capitão do Sesc RJ Flamengo, Amanda Campos. Bernardinho, campeão olímpico pela seleção masculina, retorna à Capital após 16 anos. Em 2004, no comando justamente da seleção, enfrentou Portugal, no Guanandizão, pela Liga Mundial (atual Liga das Nações).

“Me lembro bem da minha vinda ao Guanandizão. Vivíamos um momento de grandes vitórias, em que a seleção crescia e conquistava cada vez mais público por onde passava. E Campo Grande nos acolheu de forma incrível. Poder voltar a este ginásio é maravilhoso, e espero que possamos levar ao público um grande jogo; que consigamos fazer uma ótima partida contra um grande time, que é o Praia Clube”, declarou o treinador.

VINDA A MS

Líder do clube mineiro, Walewska Oliveira ressaltou que o evento é um ponto de partida para o retorno gradual e seguro de competições com torcida nos ginásios do País, já que desde março eventos assim são evitados por causa da pandemia da Covid-19.  

“Sentimento de que as coisas estão voltando ao normal, dentro do possível. É bom ver o público novamente prestigiando, levando a energia para dentro da quadra”, afirmou a central.  

A jogadora também destacou que a região Centro-Oeste pouco recebe esse tipo de partida de grandes campeonatos do vôlei nacional. “Não temos tanto contato com cidades dessa região. Que bom que temos a oportunidade de vir até aqui e participar da vida de quem gosta do vôlei em Campo Grande”.  

Já ponteira do Praia Clube, Anne Buijs, contou que esta é a primeira vez que ela vem a Campo Grande. A holandesa, que já jogou pelo time carioca, defende nesta temporada a equipe mineira. 

“Amanhã estamos esperando mais um superjogo contra o Sesc Flamengo, dessa vez pela Supercopa. Espero que os torcedores daqui também fiquem felizes com a nossa presença e torçam por nós”.

Na semana passada, o ginásio foi reaberto com a Supercopa masculina, quando o EMS Taubaté Funvic superou o Sada Cruzeiro por 3 sets a 2. 

O local ficou sete anos sem ser utilizado, por problemas na estrutura. O investimento na reforma foi de R$ 3,734 milhões, com recursos da prefeitura e do governo do Estado.

 

 

Fonte:correiodoestado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *