Contra toque de recolher, produtores de eventos vão à prefeitura fazer pressão.

Vestidos de preto, com faixas e cartazes contra o toque de recolher, cerca de 50 profissionais que realizam festas, eventos, funcionários bares e restaurantes estão reunidos em frente à prefeitura de Campo Grande, protestando contra as medidas restritivas que começaram a valer hoje (7).

Uma das reivindicações dos manifestantes é que o início do toque de recolher volte para à meia noite.  

O prefeito Marquinhos Trad desceu para atender o grupo e convidou cinco representantes para conversarem no gabinete. Minutos depois, a reunião parou para aguardar a chegada de um representante do Ministério Público Estadual, a pedido de Marquinhos Trad, que ainda não falou sobre o assunto aos jornalistas.

Boletim atualizado desta segunda-feira traz mais quatro mortes por covid em Campo Grande. No total, são 810 óbitos desde o início da pandemia.

O protesto começou por volta das 8h, em frente à Praça Belmar Fidalgo, os profissionais foram a pé para a prefeitura, pela rua 25 de dezembro, de acordo com informações, chegou a bloquear uma pista da avenida Afonso Pena.

Produtor de eventos, Joezi reis disse que o comércio noturno foi severamente impactado pelo último decreto publicado. Ele afirma que as medidas adotadas não funcionam, já que, segundo ele, as pessoas se contaminam no dia a dia, utilizando transporte público e se reunindo em casa, com amigos e familiares.

Fonte: campograndenews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *