SE ATÉ HERÓIS SÃO ANSIOSOS, POR QUE VOCÊ ACHA QUE NÃO É?

Somos frutos de uma sociedade que estimula nossas sensações ao máximo para criar uma cultura consumista, que não sabe conviver com diferenças de qualquer natureza, irracionalmente viciada no ter e dependente emocionalmente de pessoas, grupos e relações.

Se você aprendeu na escola que precisa ter a melhor mochila, o melhor tênis ou algo assim para ser aceito, o erro está na educação que recebemos na própria escola e em casa, fruto de valores fracos, deturpados e corrompidos.

Olhe como o estrago é feito:

Pertencimento é um valor meio e é fruto da necessidade humana de afeição e de ser aceito. Alguns fazem de tudo para serem aceitos, sem limites e sem pensar nas consequências dos atos.

Imediatismo colocado em nosso dia a dia com a TV e a infantilização das nossas emoções que querem tudo na hora, como uma criança e não como um adulto.

Escassez de que se você não fizer agora, não comprar agora, vai “perder” acionando um gatilho emocional do medo da perda e de ficar de fora.

A dor, por fim, que para quem entende que vida é para evoluirmos, torna-se algo que a sociedade e a imprensa manipuladora nos fazem fugir dela e do sofrimento que ela pode causar.

A vitimização nos faz terceirizar a responsabilidade do fracasso ao outro, trabalhando a separação em grupos com poder de manipular indivíduos que passam a não ter mais consciência pessoal e a pensar no interesse coletivo mas inconscientes e com interesse pessoal ou desses grupos.

Destróem a capacidade de criar boas relações baseadas em confiança, compromisso, honestidade e respeito pois só queremos o prazer, o líquido e o resultado.

Resultados: cultura individualista que cria sociedade fraca em valores e geração facilmente manipulável com comportamento de manada.

Cuidar da MENTE não é mais opção, é caso de saúde pública. A menos que não se importe em fazer parte desse sistema.

Conte pra alguém sobre essa publicação.

Ouse Mudar-se

Digiqole ad

Ultimas Postagens